Páginas

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Micropoemas II

 Procura

Quem te busca
Quando teus dias são febris
Se não eu
Em curvas, sonho e rimas vis




Sensação

Sempre que te encontro
Me encontro em ti
Sempre que te beijo
não sei de mim



 Libertação

Tua cartilha acabou
E agora vou me libertar
Tua cartilha acabou
Agora vou
Já sei voar


 Desejo

Quando a noite cair
Venha sim, sem demora
Que já é tempo
Vem pelo vento
E me devora

 

 Inspiração

O poeta, alimentado à paixão
Cria mundos
Sonhos, vestes
Ilusão

Nenhum comentário:

Postar um comentário