Páginas

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Micropoemas III

 Lembrança

Antes que o dia adormeça
Te guardarei no coração
Doce ilusão
Não me esqueça

 Telescópio

Te vejo indo
Olhar distante
Pousando errante
Já te percebo
Dispenso o verbo
Deito e me calo
E quando voltas
Eu te recebo

 Calor

O sol pousou em minha sala
Me dominou
Suor, sabor
Nenhuma fala

 Visita

Que surprezinha boa, pela madrugada
Cheinha de riso e à beijo regada



De noitinha

Que agoniazinha para dormir
Antes do sol
Cair

Nenhum comentário:

Postar um comentário